Sábado sóbrio


Homônimo disse ao Sinônimo: 
- seu redundante!
O Sinônimo rebateu: 
- posso ser prolixo, pleonástico, tautológico, mas não tenho várias caras, rostos, faces...

Aquela fragrância de nova vida,
Da porta aberta do viveiro,
Batia nos orifícios do nariz; como coisa boa...
Fubá fresquinho, coco queimado, doce broa...

Acompanhada por um manacá-de-cheiro.

Ainda vejo mais coerência no classe-média ou rico comunista do que no pobre capitalista.

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI